Tudo ao mesmo tempo agora – o mapa sincronológico de Sebastian Adams

Adams' Synchronological Chart of Universal History. David Rumsay Map Collection
Adams’ Synchronological Chart of Universal History. David Rumsay Map Collection

O “Mapa Sincronológico da História Universal – pelos olhos da mente” [1] pode ser considerado o mais perfeito exemplo da fúria pela sintetização visual da história, com sua narrativa ilustrada de mais de cinco mil anos de eventos: de Adão e Eva no Paraíso, passando pela Torre de Babel, acensão e queda do Império Romano, formação das grandes dinastias europeias e orientais, grandes navegações, invenção da máquina a vapor… figuras e linhagens vão se desenrolando até chegar ao fim apoteótico do mapa: os primeiros presidentes dos Estados Unidos da América.

Adams' Synchronological Chart of Universal History. David Rumsay Map Collection. [Detalhe]
Adams’ Synchronological Chart of Universal History. David Rumsay Map Collection.
[Detalhe – Dinastias Ibéricas]
Terreno rico para reflexões sobre as formas pelas quais as diferentes sociedades humanas constroem e representam suas narrativas – como por exemplo as de [2], [3] ou [4] (referências abaixo).

Adams' Synchronological Chart of Universal History. David Rumsay Map Collection. [Detalhe]
Adams’ Synchronological Chart of Universal History. David Rumsay Map Collection.
[Detalhe – século XV]
O Mapa, projeto visionário do norte-americano Sebastian Adams, foi lançado em diversas edições entre 1871 e 1885, inicialmente como edição independente financiada por assinantes e ao final como grande sucesso de vendas (cf. [2]). Era composto na forma de um livro de cerca de setenta centímetros de altura contendo uma faixa de sete metros de comprimento – e podia ser visualizado no próprio livro, abrindo-se a faixa por partes; ou a faixa podia ser retirada e pendurada em (grandes) paredes.

Hoje ainda é possível comprar algumas edições originais do livro de Adam em leilões, algumas edições posteriores em sebos norte-americanos, como essa, ou mesmo reproduções recentes da faixa separada.

Recentemente uma edição digital do mapa foi lançada pelo site da coleção David Rumsay [5], de onde vem as figuras que ilustram o post. A edição digital é muito boa, com uma reprodução em alta definição, na qual é possível examinar o mapa com muito detalhe.

Por  outro lado, não se tem uma boa visão geral do mapa, pois naturalmente a faixa inteira, com seus sete metros de comprimento, só cabe na tela de um computador em dimensões muito reduzidas.

Fica, assim, para os olhos da nossa mente visualizar a expressão no rosto de uma criança nos idos de 1890 ao abrir um livro desses e ir desdobrando aos poucos aquele papel infinito cheio de figuras de armas e navios, e a vertigem de uma outra criança ao rodar as paredes de uma sala de escola vendo sucederem-se tantos nomes de reis.

 

Veja abaixo as referências dos links e algumas sugestões de leitura

 

Adams' Synchronological Chart of Universal History. David Rumsay Map Collection.  [Detalhe - hieróglifos]
Adams’ Synchronological Chart of Universal History. David Rumsay Map Collection.
[Detalhe – hieróglifos]
Imagem 082
Adams’ Synchronological Chart of Universal History. David Rumsay Map Collection
[Detalhe: 1492].
Adams' Synchronological Chart of Universal History. David Rumsay Map Collection. <br/>[Detalhe]
Adams’ Synchronological Chart of Universal History. David Rumsay Map Collection. [Detalhe: Adão e Eva].
Adams' Synchronological Chart of Universal History. David Rumsay Map Collection.
Adams’ Synchronological Chart of Universal History. David Rumsay Map Collection.
[Visão geral]

[1] Adams, Sebastian C. Adams’ Synchronological Chart of Universal History. Through the Eye to the Mind. A Chroesnological chart of Ancient, Modern and Biblical History, Synchronized by Sebastian C. Adams. Third Edition and Twelfth-Thousand carefully and critically revised and brought down to 1878. Colby & Co. Publishers, 39 Union Square, New York. The Strowbridge Lithographing Company, Cincinnati, O. Entered According to Act of Congress in the Year A.D. 1871, by S.C. Admas, in the Office of the Librarian of Congress at Washington, D.C.

[2] Rosenberg, Daniel & Grafton, Anthony. Cartographies of Time: A History of the Timeline. Princeton Architectural Press, 2013.

[3] Popova, Maria. Cartographies of Time – A chronology of one of our most inescapable metaphors, or what Macbeth has to do with Galileo. 02/07/2012. http://www.brainpickings.org/index.php/2012/02/07/cartographies-of-time/

[4] Friendly, Michael; Sigal, Matthew; Harnanansingh, Derek. The Milestones Project: A Database for the History of Data Visualization. http://datavis.ca/papers/MilestonesProject.pdf

[5] (Composite of) Adams’ Synchronological Chart of Universal History. Edição Digital, David Rumsay Collection. http://www.davidrumsey.com/luna/servlet/detail/RUMSEY~8~1~226099~5505934:-Composite-of–Adams–Synchronologi

[6] Nàdia Revenga, Nàdia. Mapas y líneas del tiempo: propuestas de visualización de la información contenida en la base de datos CATCOM. http://www.uqtr.ca/TEATRO/teapal/TeaPalNum07Rep/05RevengaNadia.pdf

 


1 comentário a “Tudo ao mesmo tempo agora – o mapa sincronológico de Sebastian Adams”

  1. I was just looking at your Tudo ao mesmo tempo agora – o mapa sincronológico de Sebastian Adams | Humanidades Digitais site and see that your site has the potential to get a lot of visitors. I just want to tell you, In case you didn’t already know… There is a website network which already has more than 16 million users, and most of the users are interested in websites like yours. By getting your site on this service you have a chance to get your site more popular than you can imagine. It is free to sign up and you can find out more about it here: http://bbqr.me/4fj5 – Now, let me ask you… Do you need your site to be successful to maintain your way of life? Do you need targeted visitors who are interested in the services and products you offer? Are looking for exposure, to increase sales, and to quickly develop awareness for your site? If your answer is YES, you can achieve these things only if you get your site on the service I am talking about. This traffic network advertises you to thousands, while also giving you a chance to test the network before paying anything at all. All the popular websites are using this service to boost their readership and ad revenue! Why aren’t you? And what is better than traffic? It’s recurring traffic! That’s how running a successful website works… Here’s to your success! Find out more here: http://fabiobalbe.com/l/7

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.